11/10/2017

Em visita a Ituiutaba, nesta terça-feira, 10, para alguns compromissos de agenda, o Líder do PSD na Câmara dos Deputados, Marcos Montes, esteve reunido com Secretário de Governo da Prefeitura de Ituiutaba, José João Dib Neto, juntamente com outros secretários da atual administração municipal. 

 

Montes agradeceu o apoio que vem recebendo na cidade, liderado pelo vereador Renato Moura, ouviu e recebeu reivindicações para várias demandas apresentadas pelo grupo de secretariado do Prefeito Fued Dib. Disse que pretende continuar a caminhada como parlamentar, e deverá encaminhar as solicitações recebidas e na medida do possível encontrar uma maneira de atender os pedidos.

 

Segundo os números relativos a prestação de contas do trabalho parlamentar, o Marcos Montes conseguiu destinar neste atual mandato para Ituiutaba, cerca de R$2 milhões e recursos extra orçamentários para atender ao projeto de expansão do Hospital São José.

 

“Todos sabem do carinho, respeito e admiração que tenho com Ituiutaba. O momento é muito confuso, e ninguém está com paciência para receber político, mas eu ainda continuo a acreditar na forma honesta de se fazer política, e assim pretendo continuar”, disse o parlamentar.

 

Ainda nesta terça-feira, 10, o Plenário da Câmara Municipal de Ituiutaba, realizou sessão solene e entregou ao Deputado Marcos Montes, o título de Cidadão Honorário, atendendo indicação do vereador Renato Moura.

 

Na reunião ocorrida na Prefeitura de Ituiutaba, estiverem presentes, entre outras personalidades, como o Secretário José João Dib Neto, os secretários, Regys Braga (Agricultura), Ivanilson Neves (Fazenda), Gilson Lucas Lima (Meio ambiente), Dora Lucia (Rep. Secretaria de Saúde), Darlene Moura (Indústria e Comércio), Edmar Paranaíba (Educação), Marcelo Vilela Cauli (Planejamento) e Maria Divina da Silva (Desenvolvimento Social). 

 

Também compareceram o Presidente do Sindicato Rural de Ituiutaba, Marcos Antônio Moura Franco, Presidente da Associação Comercial, Oleir Borges. Vereadores Renato Moura e Pastor Amauri.

Fonte: ASCOM

Voltar